6 passos para começar no mundo da fotografia

1– Escolha um segmento para trabalhar

É muito importante escolher um segmento com o qual você se identifique. Trabalhar com o que gosta é ótimo e seus resultados podem ser bem melhores. 

Existem algumas modalidades dentro desse mundo. Alguns exemplos são: eventos, publicidade, retratos, paisagens, casamentos, moda e produtos.

2 – Busque muitas referências

É muito importante se inspirar em grandes fotógrafos como Sebastião Salgado e Cartier-Bresson, conhecer seus diversos trabalhos, o contexto em que ele está inserido, visitar exposições, ver os suportes que foram usados, os equipamentos. É sempre bom buscar novas referências.

3 – Aprenda a parte técnica da fotografia

A parte técnica vai ajudar a definir um fotógrafo profissional de um amador.

A dica é que você faça cursos de fotografia com uma carga técnica e prática mais trabalhada. Assim, você vai vivenciando e conhecendo o equipamento ao ponto de dominá-lo para realizar a imagem que você deseja.

4 – Busque bons equipamentos

É importante pensar nas escolhas, principalmente no início da carreira. O essencial sempre será adquirir equipamentos que caibam no seu bolso e que atendam suas necessidades.

Segue lista de sugestão de equipamentos:

Kit de entrada

Canon EOS Rebel T5i

EF-S 10-18MM F/4.5-5.6 IS STM

EF 70-200MM F/4L IS USM

EF 24-70MM F/4L IS USM

EF 50MM F/1.8 STM

FLASH SPEEDLITE 270EX II

MOCHILA DELUXE BAG PACK 200EG

 

Kit Pró

Canon EOS 6D

EF 24MM F/2.8 IS USM

EF 50MM F/1.4 USM

EF 70-200MM F/2.8L IS II USM

EF 100MM F/2.8 MACRO USM

FLASH SPEEDLITE 430EX II

MOCHILA DELUXE BAG PACK 200EG

5 – Tenha um bom portfólio e saiba mostrá-lo

O ideal é pesquisar vários tipos de site dentro do seu segmento e ver qual corresponde melhor ao seu trabalho. E o mais importante de ter um bom portfólio é mantê-lo atualizado e com fotos de boa qualidade. Mostre sempre o seu melhor.

É muito importante ter um portfólio bem organizado e fácil de ver, porque o cliente precisa enxergar o seu trabalho de forma simples. Saber selecionar as melhores imagens, os trabalhos mais relevantes para que o cliente consiga entender sua identidade é seu cartão de visita.

Em breve entraremos em destalhes sobre a criação de um bom portfólio.

 

– Nunca pare de produzir

Esta é uma das dicas mais importantes. Quando você produz, exercita sua técnica, exercita seu olhar, projeta-se em diversos meios, faz contatos. Por isso, esteja sempre na ativa.

Estar em constante produção é essencial tanto para quem está começando quanto para quem já está há muito tempo no mercado. A gente se inventa, se reinventa, se renova. 

Hoje o mercado pede isso, e é muito importante no meio de todo esse material fazer coisas autorais que expressem o seu olhar fotográfico, porque esse muitas vezes vai ser o seu diferencial.

 

 

Fonte: college.canon.com.br

(Visited 6 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *